Freedom!

Esta Postagem vai em apoio ao blogueiro Milton Ribeiro.

Esta semana tive conhecimento de algumas notícias que mostram como está a situação da liberdade de expressão na internet brasileira.  Duas que valem a pena ressaltar são a movimentação contra o chamado AI-5 Digital e o processo movido contra Milton Ribeiro.

Milton Ribeiro escreveu em seu Blog esta crítica à obra de Leticia Wierzchowski, A Casa das Sete Mulheres. Leia a crítica, amigo leitor, e após tirar suas próprias conclusões, entenderá porque precisamos dar apoio ao Milton.

Por causa do POST em seu Blog, Leticia entrou com um processo por danos morais. E mais: o advogado que move o processo é o mesmo que ajudou Roberto Carlos a censurar a sua Biografia. O Mestre Idelber Avelar fez um excelente POST do ocorrido em seu Blog.

Até quando, amigos, teremos que engolir estas pérolas do judiciário brasileiro e seremos obrigados a ouvir asneiras sobre “liberdade de expressão” no Brasil?

E por falar em asneiras sobre liberdade, vale citar a movimentação de repúdio contra o chamado AI-5 Digital, o projeto do Senador Azeredo que quer censurar e criminalizar os usuários da internet. Uma boa dica é acompanhar o Blog Xô Censura! que tem dado muita atenção a este assunto, assim como a outras formas de censura na rede. E aqui vão os parabéns deste Blog ao ato público de BH do último dia 1º, que contou com a participação de Idelber Avelar, Sérgio Amadeu, Túlio Vianna e Cynthia Semíramis, além de dois parlamentares, a Deputada Federal Jô Moraes (PC do B) e o Deputado Estadual Carlin Moura (PC do B), entre outros participantes. A entrevista do Idelber à TV Assembléia-MG sobre o AI-5 digital já está disponível na rede.

Apoio total deste humilde blogueiro iniciante a todos que vão na contramão da ditadura do judiciário brasileiro.

Anúncios

Uma resposta para “Freedom!

  1. Átila G.B.S.

    Nossa justiça já chegou no ponto de impureza tal que começou a entrar em contradições com a própria constituição nacional.

    É uma realidade infeliz do nosso país, uma nação REPUBLICANA – ou DEVERIA ser isso, segundo lei.

    Isso nos leva a afirmar duas outras coisas:

    1) A cueca, além de apertada, está suja. Tá na hora de comprar cuecas novas e limpas. E isso não é novidade.

    2) Tudo isso é culpa nossa. Tá na hora de votar direito, desta vez, e, para muitos, esquecer a baboseira do voto em branco.

    – Às vezes perguntamos se aquilo que queremos para o governo desse país não seria utopia. Porque nossos REPRESENTANTES são, nada menos, pessoas que nos REPRESENTAM.
    Se fosse tão simples assim – votar em outras pessoas – por que os problemas com políticos ainda persiste (já que são problemas nem um pouco atuais)?
    Será que o brasileiro é que está tão podre?

    Precisamos distribuir um pouco de lógica e leitura nesse país.

    Então agente volta à outra questão:
    – “Ah, distribuir isso é papel dos políticos, dos prefeitos, governadores, presidente …”

    Até quando vamos brincar de “Adão e Eva” e ficar jogando a culpa para outras pessoas, como se fosse uma “batata quente”?

    Se temos um problema, agente resolve.
    O país é NOSSO, uai!
    Eu sugiro algumas atitudes:

    – Votar em pessoas que realmente vão nos representar. E, pessoas religiosas, por pior que sejam, seriam as mais indicadas para o papel, já que têm, em seu encalço, questões como “salvação” e “pecado”. Pensem a respeito.

    – Ler mais! Tire a idéia de que conhecimento vem por osmose. Se não ler, não aprende e pronto! Nossa história está repleta de informações valiosíssimas na configuração de uma concepção política, social e econômica. Muitos políticos gostariam de – e uns conseguem – apagar parte dessa história. Por que será?

    – Conheça o lugar onde mora. Saiba como funciona as coisas em seu habitát: leis, burocracias, giro de capital. Você viverá melhor e vai saber criticar quando as coisas sairem do rumo em que deveriam estar.

    Se alguns políticos não tomam a atitude necessária, nós é que deveríamos tomá-la.
    Nenhuma mudança é rápida. Mas é fato que deve-se dar o primeiro passo para que se comece a andar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s